Ir para conteúdo principal
Entrar pesquisar
Entrar Você é um profissional que ama casamento?

Inspirações circenses invadem o casamento supermoderno

Postado dia 5 de julho de 2017 por Marina Costa
Casamento de Maira e João no Zéfiro Eventos - foto Coletivo 3 abre 2

Maíra e João

Maíra e João são daqueles casais nada convencionais. E não foi só a união moderninha deles! Desde o primeiro encontro no ônibus que pegavam para o estágio, passando pelo primeiro “eu te amo” via Skype até a decisão do casamento não partir de um pedido do noivo, mas sim de uma conversa entre os dois. “Casar não era um sonho. Foi algo que começou a surgir conforme minha relação com o João amadurecia”, explica a noiva.

Foram quase dois anos de organização e planejamento financeiro para o grande dia. A primeira decisão foi contratar a cerimonialista e decoradora Prill Santana, da Vou Casar e Panz e, logo em seguida, fecharam o Zéfiro Eventos para ser o local da cerimônia e da festa. “João participou de absolutamente todo o processo, em especial da escolha do lugar, que, desde o início, era o preferido dele”, lembra a noiva. Decoração e local da festa decididos, o casamento temático foi mera consequência! “Foi uma coisa que surgiu muito naturalmente, as ideias foram evoluindo com muita pesquisa e criatividade”, conta. Inicialmente, pensaram em usar a lona de circo em um local descoberto. Porém, o desejo de casar no espaço tradicional de Niterói fez os dois eliminarem a ideia inicial, mas programarem outros elementos circenses. A festa teve até performance da acrobata Jade Soares!

Circus Anos 1930

Em busca de uma decoração inovadora, única e que as pessoas pudessem enxergá-los em cada detalhe, decidiram se inspirar nos circos místicos dos anos 1930. E não tinha como deixar de fora o vermelho e o dourado para as cores principais do décor! “A Prill foi mais longe, buscou livros, fez pesquisas históricas e acabamos trabalhando num estilo itinerante anos 1920, 30”, elogia.  Logo na entrada, um letreiro luminoso escrito “amor” e cortinas marsala recebiam os convidados e, nas mesas, bichinhos dourados e porta-guardanapos com pompoms de lã deram um toque divertido. Barraquinhas de pipoca, algodão doce e churros não podiam faltar para uma verdadeira nostalgia dos tempos da infância.

Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3

Vista superdesejada

Para os moradores de Niterói, o Zéfiro Eventos não passa despercebido por ninguém! “É um dos lugares mais famosos de Niterói para festas de casamentos. Também é o salão com a vista mais encantadora que existe”, pontua. Maíra e João amam natureza, além de se encantarem pela proximidade do mar e as cerimônias ao ar livre oferecidas no espaço. “Na verdade foi bem fácil optar por lá. Além de tudo, o bufê deles é maravilhoso e a árvore no meio do salão tem um charme extra”, analisa. O casal recebeu mesmo foi um presente do universo: dia lindo e ensolarado que propiciaram o  cenário perfeito para uma troca de alianças sob pôr-do-sol.

Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3

Um vestido nada convencional!

Inspirada nos looks de noiva da mãe e da sogra (as duas casaram com um vestido midi!), Maíra tinha certeza que queria um vestido de noiva “diferentão”. “Sou apaixonada por sapato, então defini que queria um modelo parecido com o delas, mas com um toque de glamour. Por isso, acabei optando pela saia mullet”, relata. Além disso, ela não queria renda e pérola de jeito nenhum, mas sim um modelo bordado com pedras. Para essa missão, confiou na estilista Stephanie Cachapuz, que entendeu completamente o recado. “Não sei se aconteceu algum tipo de mágica, pois, quando ela fez o desenho, já estava apaixonada. Ela foi a única estilista que visitei e não experimentei nenhum modelo de vestido de noiva além do meu”, elogia.

Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3

Cachos intactos

 Seguindo o estilo anos 1930 da celebração, Maíra encontrou a grinalda perfeita para completar o look no Atelier Girardi. Para arrematar o estilo da noiva, precisava de uma beleza retrô-chique. “Queria meu cabelo cacheado, como ele é, mas decidi deixar a definição por conta de quem entende mesmo do assunto. A Ju Salles me mostrou várias referências e decidi pelo cabelo solto”, enfatiza. Além disso, um batom vinho enalteceu a boca e a pegada moderna desejada por ela.  Para a festa, a noiva preferiu fazer um coque desfiado para evitar o cabelo bagunçado na pista de dança. “Quis a presença dela na festa, porque tinha certeza que isso seria necessário. Foi uma das melhores escolhas!”, destaca.

Trilha sonora made in Brazil

Um casal nada tradicional também tem que inovar na cerimônia, não é mesmo? Pois bem, o celebrante (e filósofo!) Rafael Santana fez bem o papel atribuído pelo casal. “O Rafael é de uma sensibilidade inexplicável, fez uma cerimônia linda, de emocionar”, conta. Toda a cerimônia foi embalada com música brasileira, pois queriam transmitir a mensagem das canções nos grandes momentos da união. E, com um lindo cenário de fim de tarde ao fundo, o momento preferido da noiva foi exatamente a saída embalada por um dos hits preferidos do casal. “A cerimônia terminou, ainda estava claro, e o Rafael reproduziu a nossa história falando: ‘ainda é dia, pode beijar a noiva.’ Na saída, fomos embora ao som dos Mutantes, com ‘Ela é minha menina’”, relembra.

Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3

Casamento de Maira e João no Zéfiro Eventos - foto Coletivo 3 (77)

Mistura carnavalesca

No lugar da valsa, Maíra e João abriram a pista de dança com a música “Mais Ninguém”, da Banda do Mar. E foi uma abertura e tanto! “A pista não ficou vazia por nenhum minuto”, comemora. Além da apresentação no tecido e a playlist eclética, um grupo de amigos do casal surpreendeu os dois com a contratação do bloco Bagunço. “Quando eles entraram, a emoção foi tanta que nem sei explicar. A apresentação deles foi linda, de emocionar, em especial por essa atitude dos nossos amigos. Das tias mais velhinhas até as crianças, todo mundo dançou, pulou, cantou!”, relata. Os dois tocam em blocos de carnaval e, se existe uma atração que representa o casal, o grupo musical foi uma escolha mais que certa.

Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3
Foto: Coletivo 3

Dica!

“Faça o que você quer! Não tenha medo de acreditar nas suas ideias e procure profissionais que comprem essa ideia junto com você. Seus pais, sogros, irmãs/irmãos já tiveram ou ainda vão ter a festa deles”.

Serviços

Aluguel dos itens de decoração: acessórios decorativos Decoranda, Katia Armond, Fast Toalhas, Panos & Cores, acervo de antiquários e do casal, barraquinha e cama elástica Old Way, móveis Lona CristalAtração especial: Bagunço e Jade Soares | Bebidas: Porto Di Vino e Top Bartender | Bem-casados: Atelier Brigadeiro Carioca | Bolo: Bolo Amado | Bufê, local da cerimônia e da festaZéfiro Eventos |  Cabelo e maquiagem: Ju Sales MakeUp | Celebrante: Rafael Santana | Cerimonial e decoração: Vou Casar e Panz | Chocolates: Ana Foster Chocolates | Convidados: 230 convidados | Convites e papelaria: Duo Amor e Vou Casar e Panz |  DJ e som: Som21 com Ronaldo Xavier | Doces: Ana Foster Chocolates e Atelier Brigadeiro Carioca | Filmagem e fotografia: Coletivo 3 | Flores da cerimônia, da festa e buquê: Nega Fulô |  Grinalda: Atelier Girardi | Iluminação da festa: Beto Freitas | Lua de mel: Cuba pela Vectra Viagens | Roupa das damas de honra e do pajem: Fraque & Cia |  Roupa do noivo: Brooksfield | Sapato: Juliana Bicudo | Vestido e véuStephanie Cachapuz Couture.