Ir para conteúdo principal
Entrar pesquisar
Entrar Você é um profissional que ama casamento?

Edição 31

Postado dia 6 de outubro de 2013 por Administrador

Um novo recomeço

 

untitledA colunista Manuela Cesar termina o texto desta edição fazendo uma pergunta para a leitora: “Qual é a flor que tem um significado especial na sua vida?”. Essa pergunta me levou para o dia do meu casamento e, depois, para mais longe, para o melhor da minha infância nas ruas da cidade onde cresci. Explico: fui criada em Petrópolis, cidade que já foi chamada de Cidade das Hortênsias. Quando criança (isso já faz um tempinho), a flor era abundante em todo o canto, nas praças, nas margens do rio que corta a cidade, nos pontos turísticos, nos jardins das casas… Para onde eu ia havia hortênsias. Fui muito feliz na infância e, principalmente, vivendo em Petrópolis. Acabei relacionando essa flor à uma sensação boa de alegria e aconchego. Por isso, quando casei, apesar de estar morando no Rio de Janeiro e o noivo também, quis que fosse em Petrópolis e exigi da decoradora: “Tem que ter hortênsia!”. Também coloquei um pouco da flor no meu buquê. Infelizmente, hoje, Petrópolis quase não tem hortênsia e também, há cinco anos, moro fora do Estado do Rio de Janeiro. Consequentemente, longe da família e dos amigos. Mas, sempre que posso, compro a flor para enfeitar a minha casa, principalmente no mês de novembro, época de hortênsia e mês do meu aniversário de casamento. Ter a flor em casa me passa uma sensação de proximidade com os familiares, de acolhimento, de felicidade.

Flores são coloridas, por isso, alegres, e também são o melhor símbolo da primavera, estação que representa renovação, vida, recomeço. Falar de flores na primavera é um grande clichê, mas há muito tempo que a flor não estava tão em voga na moda e na decoração. Nas estampas dos vestidos de festas e, literalmente, nas cabeças das damas de honra e das noivas. Elas estão muito em alta! E não são florezinhas discretas espalhadas pelo coque. Elas vieram com destaque e em quantidade, reinando como coroas, fazendo parte de lindas guirlandas, como a natural, usada na foto da capa, ou as de tecido, escolhidas para o editorial de beleza (página 216). Destaque constante nas decorações das festas, as flores também estão absolutas no décor da casa. Para Presentes, selecionamos móveis e diversos acessórios para o lar com o tema floral, para dar um toque de alegria a mais em todos os cômodos da nova casa.

Mas esta edição não foi feita somente com flores. Temos uma matéria especial sobre Búzios, um dos balneários mais charmosos do Brasil e cenário perfeito para casamentos. Lugar para casar o ano inteiro, com os pés na areia durante o pôr do sol ou em uma festa até o amanhecer num hotel-boutique chiquérrimo… Lá, é possível comemorar de todas as formas e ainda gastar menos que na capital, pelo menos, é o que os especialistas disseram na reportagem da página 115.

Ainda conversamos com 25 noivas para descobrir as suas melhores dicas e também mostrar fotos inspiradoras de seus casamentos. Três delas optaram por casar em casa e contam os detalhes que levaram a esta escolha. Também tem uma entrevista com o maquiador e cabeleireiro Marcelo Hicho, o queridinho das noivas e das estrelas da TV. Ele acaba de lançar um livro (feito aqui na Hama Editora com coordenação de Rosangela Feitosa, reportagem de Carol Pamplona e edição de texto feita por mim) que conta a sua trajetória e revela os seus truques de beleza. Boas (e ótimas) Ideias e as últimas novidades do mercado completam esta edição de primavera.

Vou confessar algo a vocês. Na minha vida, a primavera tem realmente o significado de um novo ciclo, uma forte energia de mudança, de que a vida continua e evolui. Porque é sempre nesta estação que as mudanças acontecem para mim. Eu casei numa tarde de primavera, também engravidei durante a estação e, agora, nesta primavera de 2013, depois de cinco anos fora, eu volto para o Rio de Janeiro, volto para casa. Estou muito animada com esta nova etapa e por estar mais perto de vocês. Sinto-me renovada e cheia de energia para mudar, transformar, recomeçar e, lógico, comemorar a vida, comemorar os encontros! Até logo e muitas felicidades para vocês!

lu-150x150

 

Luciana Bittencourt
Editora-chefe