Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

A certeza do amor na maturidade celebrada intimamente em meio à natureza

Postado dia 9 de julho de 2015 por Nathalia

Abrir o coração para um novo amor – e para a celebração do grande dia – pode ser transformador. Há 14 anos, Célia e João começaram nova vida juntos. O casamento não era prioridade, mas era uma vontade da noiva poder compartilhar essa emoção com os filhos. “Casamos no civil em agosto do ano passado, e fizemos a cerimônia em dezembro. O desejo era mais meu! Ele não tem filhos do primeiro casamento e eu queria meus filhos entrando com as alianças… Com quase 50 anos, foi mais descontraído e mais relaxado. Foi tudo que imaginei!”, comenta Célia.

A organização levou apenas quatro meses. A primeira providência da noiva foi contratar a N&J Organizadoras. “Elas ajudaram em tudo. Passei para a Jaque o que queria: mais ou menos 120 pessoas e um lugar aconchegante. Imaginava uma cerimônia bonita, com coisas coloridas, verde e madeira. Na hora em que falei, ela pensou no Laguna, na Ilha da Gigoia e me levou para conhecer. Era tudo o que eu queria”, afirma.

Célia fez questão de escolher todos os detalhes com a empresa de cerimonial e a decoradora do Laguna. O casamento em branco, azul e laranja teve muitos itens pensados por ela, como bem-casados e sousplats forrados com tecido azul e branco, caminhos de mesa em organza clara e porta-guardanapo de lírio laranja. O vestido foi fruto de longa busca pelo modelo ideal: em off white, de acordo com a festa e a idade da noiva, que optou por costureira para criar a peça perfeita – totalmente lisa, com manga, detalhe no decote e pequena flor na cintura. Beth Lima cuidou do penteado preso com uma orquídea e o make suave com boca destacada.

A cerimônia marcou os noivos, já que foi conduzida por pastor que conhece toda a história do casal. A festa teve o DJ Guga Weigert, da Rastropop, e o saxofonista Breno Moraes, que tocou junto com as picapes, embalando os convidados ao som de Tim Maia, Fábio Jr. e outros clássicos. Segundo Célia, o chinelinho de palha com flor de linho branca dado de lembrança foi sucesso entre as amigas, que postaram fotos nas redes usando o presentinho em viagens e passeios. Para os noivos, o importante foi ter tudo do jeito deles. “A gente quis uma identidade nossa. Como foi pouca gente, todos nos conheciam e sabiam que aquilo era nossa cara”, conclui Célia.

Dica!

“Tenha ideia exata do que quer e escolha cada detalhe de acordo com o que imagina. Por mais que contrate cerimonialista e decoradora, tem que estar envolvida, pois a festa precisa ter sua cara. Esse é o segredo!”

Serviços:

Atração especial: Breno Morais | Bem-casados: Elvira Bona | Bolo: Soraya Escher, da Bonita Bolos | Brownies:  Olenka Brownies | Bufê: Restaurante Laguna | Cabelo e maquiagem: Beth Lima | Caligrafia: Girlanda Martins | Cerimonial: N&J Organizadoras | Convite e papelaria: Eilá Nigri Design | Decoração, flores, iluminação e material: Restaurante Laguna e Vallentina Eventos | DJ: Guga Weigert | Doces:  Francis Chocolates, Regina Rodrigues, Sweet Place e Vlady Dassa | Filmagem: Pepê Figueroa | Fotografia: Danielle Medeiros | Grinalda e buquê: Edla Barros | Lembranças: Celebration Shoes | Local da cerimônia e festa: Restaurante Laguna (Ilha da Gigoia) | Música: Allyson Campos | Roupa do noivo: Brooksfield | Roupa do pajem: Ricardo Almeida | Som e iluminação: Rastropop | Toldo: Uniart Toldos | Vestido: Atelier da Jesus.

SERVIÇOS RELACIONADOS:

Bem-casados
Olenka Brownies