Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Amor juvenil que atravessou o oceano

Postado dia 11 de dezembro de 2015 por Nathalia

Eles eram adolescentes quando se conheceram em um projeto voluntário, durante férias nas Filipinas. Hoje, Luiza, brasileira, e Robin, sueco, ainda fazem parte da organização CISV Building Global Friendship, apoiada pela UNICEF – que pode ser considerada o cupido da relação. O casal manteve contato à distância e, entre idas, vindas e viagens de férias para se encontrar, resolveram, em 2012, que queriam ficar juntos para sempre. Começaram, então, a programar a mudança definitiva de país.

Nem Luiza nem o noivo pensavam em se casar com toda a pompa e circunstância, mas a decisão de mudar para a Suécia fez com que ela revisse a questão. “Duas coisas mexeram comigo: a primeira, mais emocional, foi a vontade de reunir amigos e família para me despedir, além de comemorar a união, depois de tantos anos lutando contra a distância. A segunda, mais racional, foi a preocupação com a minha situação legal e meus direitos na União Europeia, que mudam bastante quando casada com um europeu”, conta.

Os noivos tiveram pouco mais de um ano para organizar tudo. “Contratei, primeiramente, os serviços que têm agenda restrita, como fotografia, bufê, maquiagem, DJ e música. O restante, decidi aos poucos, deixando somente a decoração para resolver mais para o final”. Entre os destaques, a noiva cita a fotógrafa Priscilla Hossaka, os doces de Desire Cacau e o serviço da D.A. Gastronomia. “Nem precisei orientar sobre o que queria, e as fotos ficaram divinas, sem exceção. Sobre os doces, os sabores são originais, muito criativos e delicados. Já o bufê é farto, criativo, de sabor rico e apresentação impecável”, comenta Luiza.

Ela confessa não ter muita paciência para visitar lojas e experimentar vestidos, mas se dedicou a pesquisar modelos pela internet. Depois de juntar todas as referências, foi ao ateliê da estilista Carol Nasser, que desenhou a peça desejada. Durante a comemoração, para que a família do noivo se sentisse envolvida, Luiza incorporou tradições de casamentos na Suécia. “Tivemos um momento, antes da abertura da pista, para que os pais e amigos pudessem fazer um brinde e dizer algumas palavras para nós”, diz. Outro detalhe estava nas lembrancinhas, que incluíam balinhas típicas da Suécia. “Para eles, sábado é dia de comer bala lördagsgodis ou ‘doces de sábado’. Eles se sentiram muito bem contribuindo para nossa celebração com um pouco da cultura do país. Para nós, brasileiros, foi único e especial”, afirma ela, com a certeza de que fez as melhores escolhas para começar muito bem a nova fase da vida.

Dica!

“Fez toda a diferença incluir detalhes da outra cultura. Fizemos o possível nos dois idiomas e isso deixou as pessoas mais à vontade”.

Serviços:

Alianças: Monte Carlo Joias | Aluguel de material: Festah, Essencial etc., Panos & Cores Eventos, Tüz Decoração e Eventos e Do Garimpo | Bebidas: Candy Delicatessen | Bem-casados: Elvira Bona e Conceição Bem Casados | Bolo: Casal Garcia | Bufê: D.A. Gastronomia | Buquê: Studio Lily | Cabelo e maquiagem: Gabi Back | Caligrafia: Deise Siqueira | Celebrante: frei Guilherme | Cerimonial, decoração e flores: Nanna Eventos | Convite: Kasa dos Convites | DJ: Gabriel César | Doces e chocolates: Desire Cacau | Fotografia: Priscilla Hossaka | Grinalda: Barbara Heliodora | Lembrancinhas: Poupee | Lista de presentes: iCasei | Local da cerimônia e da festa: Instituto João Alves Affonso | Lua de mel: Curaçao | Manobrista e segurança: Nanna Eventos | Música: Violinos Mágicos de Murillo Loures | Noite de núpcias: The Villa in Rio de Janeiro | Paisagismo: HortoArt | Roupa da mãe da noiva: Carol Nasser | Roupa das damas de honra: Monsoon | Roupa do noivo: Empório Armani | Roupa dos padrinhos e pajens: Só à Rigor | Roupa dos pais dos noivos: Ermenegildo Zegna e Ströms | Sapato: Manufact | Som e iluminação: Max Som e Iluminação | Vestido: Carol Nasser.