Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Casamento handmade com bolo feito pelos próprios noivos

Postado dia 30 de junho de 2015 por Nathalia

Ela queria um amigo americano para praticar inglês, mas acabou encontrando o grande amor da vida. Se conheceram por meio de um chat na internet, não pararam de se falar e a amizade evoluiu para um relacionamento à distância. Oito anos depois, eles se encontraram pela primeira vez, na Cidade Maravilhosa. Logo Derek propôs a troca de alianças. “Sempre falei em levá-lo à Lagoa – que é meu lugar favorito no Rio – e foi lá que ele me pediu em casamento. O anel, ele já tinha trazido dos Estados Unidos, sabendo que esse momento iria chegar logo, logo”, conta.

Entre o noivado e o casamento, foram doze meses de organização. A primeira decisão foi o local da cerimônia e da festa. “Sonhava em casar no campo e de dia, mas essa ideia parecia inviável por ser longe, caro e ter risco de chuva. Acabei achando, na internet, uma pousada linda, perto de casa, com um pequeno jardim coberto, cheio de móveis rústicos. Fui correndo agendar”, diz a noiva, que escolheu a Pousada Casa Áurea Boutique, em Santa Teresa.

O décor, criado pela própria noiva, foi pensada para refletir a personalidade do casal. “Não tinha em mente um estilo específico, mas imaginava algo com elementos vintage, rústicos, românticos e, acima de tudo, pessoais. Objetos nossos e fotos foram para a decoração. Meu noivo não queria que ficasse feminino ou delicado demais e acho que conseguimos isso, sem esforço”, detalha Carla. O amarelo, que permeou toda a proposta, foi escolhido para dar tom outonal, a estação preferida de Derek. “Nos casamos em outubro porque, nessa época, as árvores estão amarelas e laranjas nos Estados Unidos. É nesse cenário que vamos comemorar nosso aniversário de casamento todos os anos”, planeja.

Para a comemoração, Carla colocou mesmo a mão na massa! Até o bolo foi feito pela noiva, com a participação do noivo! O doce foi trabalhado a quatro mãos, e com muito amor. O toque handmade também estava presente no vestido – ela o idealizou –, no buquê, convites e noivinhos, além da decoração, que recebeu ajuda dos parentes e amigos na montagem. “O momento mais emocionante foi entrar no jardim e ver tudo aquilo pronto, mil vezes mais lindo do que eu poderia imaginar. Assim que coloquei os pés ali, com todas as pessoas queridas me olhando felizes, meu noivo sorrindo, me esperando, comecei a chorar”, lembra ela.

A cerimônia, em português e com tradução para o inglês feita por um tio da noiva, reservou momentos engraçados. “O pastor, muitas vezes, usava alguma palavra complicada demais para traduzir ou esquecia que precisava pausar para a tradução, e falava muito mais do que meu tio poderia lembrar. Para nós, isso só fez nossa cerimônia muito mais especial! Adoro rever as fotos com todo mundo rindo”, conta a noiva, sobre o dia em que celebrou sua história de amor.

Dica!

“Avalie o custo-benefício de tudo o que você for contratar. Ao fechar com fornecedores, peça sempre um contrato, mesmo que seja algum conhecido seu. E o mais importante: aproveite o dia porque passa muito rápido. Divirta-se! Não vale a pena passar um tempão cumprindo protocolos e não ter boas memórias  depois”

Serviços:

Bem-casados: brownies da Pitada de Charme | Bolo: feito pelos noivos | Bufê e bebidas: Herédia Eventos | Buquê: feito pela noiva | Cerimonial do dia: Eliane Villela | Convidados: 60 pessoas | Convite: feito  pela noiva | Decoração e flores: criada pela noiva |  Doces: Sabores de Portugal Etc e Pitada de Charme | Filmagem: Cipriano Vídeos | Fotografia: Ana Telma Fotografia | Iluminação: Pousada Casa Áurea Boutique | Lembrancinhas: Pitada de Charme e noiva | Local da cerimônia e da festa: Pousada Casa Áurea Boutique | Noivinhos: feitos pela noiva | Sapato: De Bianca, customizado pela noiva | Vestido: criado pela noiva e executado por costureira | Voilette: feito pela noiva.