Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Raízes portuguesas dos noivos inspiram casamento

Postado dia 7 de julho de 2016 por Nathalia

Desde o primeiro encontro em um churrasco de amigos, Marianna e Daniel viram que tinham muita coisa em comum, como a origem portuguesa das famílias e a ligação especial que sentem pelo país. Também descobriram que moravam na Ilha do Governador e trabalhavam no centro do Rio. Começaram a ir juntos ao trabalho e não demoraram para começar a namorar. O pedido de casamento também foi logo, menos de um mês depois. “Foi algo natural, já sabíamos que nos casaríamos. Havia a sensação de que a gente já se conhecia há muito tempo”, explica Marianna.

A ideia inicial era deixar o tempo passar um pouco para contar a notícia. Afinal, Daniel ainda não conhecia ninguém da família da noiva. Ao voltar de uma viagem a Paris, a mãe da noiva percebeu que havia algo diferente com a filha, e a surpresa foi geral. O casamento foi realizado no ano seguinte, com décor inspirado nas origens do casal – diversos detalhes em azul faziam referência aos azulejos portugueses –, além de muita madeira.

Marianna tinha em mente uma festa simples, com pés na areia, mas à medida que pesquisava o assunto, mais se envolvia com o universo do casamento, e novas possibilidades foram surgindo. Por fim, o casal decidiu realizar a cerimônia na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, no centro do Rio. “Minha cunhada fez Belas Artes e nos falou sobre a beleza do lugar. Não a conhecíamos, mas, assim que entramos, adoramos e não tivemos dúvidas”, diz Marianna.

O desejo de fazer algo próximo à natureza foi determinante para optarem pela Villa Riso, e as pesquisas na internet levaram Marianna ao Espaço Criattivo Arquitetura e Eventos. “Adorei o trabalho das meninas e senti afinidade. Elas têm muito bom gosto e me ajudaram demais. Meses antes do casamento, fui transferida para São Paulo e resolvemos muitas coisas via WhatsApp”, resume a noiva.

Muita emoção ficou por conta das tão sonhadas hortênsias azuis. “Me pediram para escolher uma segunda opção, porque seria complicado achar aquela espécie naquele período do ano. Fiquei muito feliz de ver, só no dia do casamento, que conseguiram”, relembra Marianna, que contou com a experiência de Ecila Antunes, do bufê homônimo, para conseguir que a organização da Villa Riso flexibilizasse algumas das regras. “Fiz questão que a Ecila fizesse tudo. Ela é ótima!”, afirma a noiva. Ao fi m da comemoração, as lembranças não poderiam ter sido mais maravilhosas para o casal e convidados.

Dica!

“Empatia é muito importante na escolha da cerimonialista. Não escolha um profissional com estilo totalmente diferente do seu”.

Serviços:

Bufê: Ecila Antunes Gastronomia | Buquê: Ângela Silveira | Cerimonial da igreja: Tathiana Gits |  Cerimonial, decoração, flores, paisagismo e iluminação: Espaço Criattivo Arquitetura e Eventos | Doces: Barriga de Freira Monica & Naná e Olenka Brownies | Filmagem: Chafin Films | Fotografia: Leandro Joras | Grinalda: Bárbara Heliodora | Local da cerimônia: Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência | Local da festa: Villa Riso | Manobrista e segurança: Espaço Criattivo Arquitetura e Eventos | Música da igreja: Quarteto Novo Mundo |  Roupa das damas de honra: Mairoca | Sapato: Luana Zabot | Vestido e véu: Morena Andrade Atelier.