Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

DJ Janot: O som do casamento intimista

Postado dia 5 de julho de 2018 por Mayara Veillard
Casamento da Gabi e Ge, em Búzios, na CasaAmar. Foto: Claudio Azevedo

Casamento intimistamini wedding… Chame como quiser!  O  fato  é  que,  em  tempos  de  crise,  o  que  antes  era uma opção, agora virou também  necessidade. Cada vez mais tem noivos preferindo fazer festa para pouca gente àquelas celebrações nababescas para centenas de  pessoas.  Mas  o  que  isso  muda  em  termos  de  música  para  pista  e  escolha do DJ? Alguns pontos merecem ser levados em consideração.

Casamento de Livia e Rafael em Nova York. Foto: LOVE+WOLVES
Casamento de Livia e Rafael em Nova York. Foto: LOVE+WOLVES

Em primeiro lugar, o fato de que, como o próprio nome diz, será um casamento intimista… Ou  seja:  para  os  amigos  mais  íntimos!  E  se  são  mesmo  íntimos, os noivos conhecem bem seus gostos musicais. Dessa forma, fica bem mais fácil para eles, junto com o DJ, mapearem que ritmos e estilos musicais vão agradar mais.

10 hits para casamento escolhidos pelo DJ Janot

Sempre há o receio de que uma festa com pouca gente corre o risco de ficar desanimada, mas quando o DJ percebe o que os noivos e seus convidados  gostam,  quase  sempre  acontece  justamente  o  contrário.  Isso porque, no caso de um evento de proporções reduzidas, fica mais fácil agradar a todos.

Temos a ilusão de que megacasamentos são sempre mais  animados  por  motivos  óbvios: mais barulho, uma produção grandiosa, mais gente dançando na pista… Fica impossível não se deixar contagiar por essa atmosfera.

Casamento de Adriana e Wilians em Búzios. Foto: ArCa Fotografia e Filmagem
Casamento de Adriana e Wilians em Búzios. Foto: ArCa Fotografia e Filmagem

Por outro lado, em casamentos grandes  nem  sempre  os  noivos  ficam  plenamente  satisfeitos  com  o som. Podem lamentar a ausência de uma ou outra música de que eles gostavam  muito,  mas  que  não  foi  possível  tocar  porque,  diante  da  responsabilidade  de  manter  cheia  uma  pista  com  300  pessoas,  o  DJ  percebeu  que  essas  músicas  iriam  esvaziá-la,  afinal,  quanto  maior  o  público, mais eclético e variado é o gosto musical – como pode acontecer com familiares mais distantes ou  amigos  dos  pais.  E  ver  a  pista  vazia  é  sempre  a  última  coisa  que  o  DJ  e  os  noivos  esperam  de  um  casamento.

Já  nos  casamentos  intimistas  praticamente todos os convidados se conhecem. Assim, mesmo aqueles que porventura não gostam de determinado  ritmo,  vão  entrar  na  dança,  seja  porque  vão  se  deixar  levar  pela  animação  dos  noivos  e  de  toda  a  festa,  seja  porque  pode  ficar chato serem os únicos que não estão dançando.

Casamento de Cristiane e Reto em Santa-Teresa. Foto: Jean Yoshii
Casamento de Cristiane e Reto em Santa Teresa. Foto: Jean Yoshii

Sabe  aquele  fim  de  festa  de  casamento grande, quando as centenas de convidados se foram e só restaram os mais chegados, os amigos de fé, irmãos camaradas, como canta  o  Rei?  E  desses,  ainda  que  alguns  já  estejam  tropeçando  nas  próprias pernas, não querem que a festa termine nunca? Pois é, a pista animada de um mini wedding tem tudo para ser assim a noite inteira. Bom, né? E mais em conta!

Dj Marcelo Janot dá dicas para playlist de casamento intimista. Foto: Divulgação
Dj Marcelo Janot dá dicas para playlist de casamento intimista. Foto: Divulgação