Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Tecnologia, SIM!

Postado dia 14 de abril de 2015 por Nathalia

Desde que seja para SOMAR e não atrapalhar… Tenho sido muito questionado hoje em dia sobre o uso da tecnologia em casamentos. E é claro que, hoje, sem ela não vivemos, nem mesmo poderíamos desenvolver os minuciosos detalhes e planejamentos de um casamento. O que seria de nós sem o e-mail para RSVP? E os fascinantes sites que os noivos criam, fazendo com que os convidados se sintam imprescindíveis a esse momento, contando suas histórias, ajudando com as listas de presentes virtuais ou cotas de lua de mel ou listas pela internet… Como o convidado chegaria a Búzios, Angra ou Petrópolis já sabendo onde encontrar cabeleireiro, hotel, pousada e até mesmo as coordenadas de GPS sem esta poderosa tecnologia?

Aplicativos transmitem em minutos milhares de save the date virtuais, conectando todos os convidados aos noivos. Enquanto isso, mais aplicativos ajudam noivos e profissionais fazendo plantas, fotografando, montando listas de convidados, fazendo mapeamento dos convidados nas mesas… Como conseguimos viver tanto tempo sem isso?

No grande dia, ela também se faz presente. O cerimonialista envia fotos da montagem, das flores, do bolo, deixando a noiva excitada e feliz. O casal acrescenta e altera a lista frequentemente… A enorme equipe se conecta o tempo todo para que tudo seja perfeitamente orquestrado. Recepcionistas com iPads ou laptops recepcionam e rapidamente encaminham as pessoas a seus lugares.

E eis que lá vem a noiva… Nesse momento, que vem sendo repetidamente tradicional e emocionante há milênios, tenho minhas restrições. Acredito que qualquer noiva quer ser o centro das atenções e emoções e que nada pode ou deve ser maior que ela! Adoro a nave livre, sem fotógrafos e filmadores, permitindo que todos a vejam. Obrigado às poderosas câmeras que os permitem estar de longe e registrando esse momento com a mesma perfeição que se estivessem ao lado! Mais tecnologia? Sim! Existem gruas, drones… Pergunto-me até que ponto eles podem ou devem ser usados. Limito-me a perguntar, com meu humilde conhecimento tecnológico, aos seus operadores se eles piscam, fazem barulho… Suas cores interferem na decoração? Será que eles serão mais evidentes que minha princesa que se preparou tanto para esse momento? Nossas avós foram menos felizes sem gruas e drones? Há algum risco de esses aparatos tocarem em lustres, globos espelhados etc. e causarem algum dano físico? Por favor, não me entendam como alguém que faz campanha contra, mas sim como alguém que quer o melhor para todos! Guardo com muito orgulho as mais incríveis imagens tecnológicas! Mas todas feitas com planejamento e segurança! E não tenho a menor dúvida de que muito mais ainda está por vir!