Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Preparativos

Beatriz Dias ensina como resolver imprevistos comuns nos casamentos

Postado dia 18 de dezembro de 2016 por Ana Paula Graça

Quem já trocou alianças sabe: em todo casamento acontecem imprevistos! O que muda é maneira como a noiva lida com eles, e também o cerimonial, que está ali para filtrar e ajudar no que for preciso. No último mês, por exemplo, a cerimonialista Beatriz Dias organizou o casamento de Taísa e Tulio, no Galeria Jardim. A cerimônia, que seria nos jardins, por conta do mal tempo mudou para outro local. “O Galeria Jardim já possui uma área coberta, que serve como plano B. Então a solução foi fácil”, afirma Beatriz, que, claro, já havia conversado com a noiva sobre essa possibilidade. Nesse caso, a resolução do problema foi tranquila, pois o cerimonial previu com antecedência a possibilidade de chuva e se programou.

Pedimos, então, que a cerimonialista citasse outros imprevistos que podem acontecer nos casamentos e também as soluções para eles. Confiram e compartilhem as dicas da Bia!

Chuva

“Caso não exista uma opção de local coberto, a contratação de um toldo é fundamental. Os demais imprevistos precisam ser avaliados individualmente, para que seja encontrada uma solução adequada”

Falta de luz

Considero a contratação de gerador um item obrigatório. Não temos como prever uma interrupção do serviço, que pode ocorrer por problemas na distribuidora ou por acidente por exemplo”

Eventos na cidade, protestos ou obras de emergência

“A Jornada Mundial da Juventude, por exemplo, teve a missa transferida de Guaratiba para Copacabana numa quinta-feira, fazendo com que tivéssemos que pensar em uma solução em cima da hora. A noiva se arrumaria no Copacabana Palace, mas preferimos mudar para o Hotel Santa Teresa. Os horários de entrega e montagem foram todos alterados, iniciando às cinco da manhã, quando o trânsito ainda estava liberado (a festa foi no Clube do Botafogo, em frente ao Rio Sul). A noiva levou um par de tênis no carro, caso fosse necessário percorrer algum trajeto a pé. Os convidados foram instruídos na igreja a deixarem seus carros lá e seguirem para festa de táxi. Chegando no local da festa, conseguimos autorização do exército para usarmos a pista seletiva de autoridades pela contramão para que os noivos conseguissem chegar”.

Curtiu? Então veja mais dicas para o casamento dos sonhos na seção Ideias!