Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Preparativos

Dúvidas sobre preparativos que as noivas têm!

Postado dia 30 de janeiro de 2018 por Marina Costa
Foto: Demetrius Borges

Fiquei noiva, e agora? O que fazer? Fique calma! São muitos detalhes para escolher e, mesmo que bem pequenos, os questionamentos são bem comuns. Lista de convidados, itens de decoração, milhares de prova de vestido… tudo para um grande dia perfeito! Muitas mulheres não sabem bem por onde começar, mas o Eu Amo Casamento está aqui para te ajudar!

Convidamos a cerimonialista Tatiana Mattos para tirar as dúvidas mais comuns das recém-noivinhas. Desde 2012 no mercado de casamentos, a profissional oferece os serviços de assessoria de casamento, cerimonial e RSVP. Confira a entrevista!

Foto: V Rebel Cinema One
Foto: V Rebel Cinema One

EuAmoCasamento.com: O que os noivos devem levar em conta na hora de fazer a lista de convidados?

Tatiana Mattos: O casal deve considerar primeiro os parentes mais próximos, que convivem com o casal e tiveram alguma ligação no tempo de namoro e noivado. Depois listar os amigos que estão sempre por perto e, por fim, ir preenchendo com quem você não quer que deixe de participar desse momento especial. É importante sempre pensar em como você quer ver seu álbum de casamento daqui a dez anos.

Sendo uma lista com o número de convidados bem limitada, o ideal é ter uma confirmação de presença ativa, pois, mesmo tendo um percentual de faltas, você vai ter mais certeza das pessoas que irão ao casamento e vai poder chamar aquelas pessoas que estão na sua lista de espera.

EuAmoCasamento.com: Se o casal não puder chamar todos do trabalho ou da família, é de bom tom comunicar o casamento? Como se faz isso?

Tatiana Mattos: É sempre bom comunicar que vai ter casamento. É de bom tom saberem por você e não pelas redes sociais. Quando os noivos trabalham em uma empresa grande, eu indico comprar mais bem-casados e levar para os colegas que não puderam ser convidados. Já em relação à família, é necessário analisar caso a caso. Nesse momento todos querem ser considerados da família. Tem sempre aquele primo de terceiro grau que você viu só uma vez, que hoje tem três filhos e os filhos são casados, mas sua avó faz questão de chamar, sabe? (risos). Só essa família seriam 15 convites. Tem que analisar e depende muito dos casos.

Foto: Thiago Stevez
Foto: Thiago Stevez

EuAmoCasamento.com: Os convites precisam ser entregues em mãos? Vale enviar convite apenas por e-mail?

Tatiana Mattos: O indicado é ser entregue em mãos pelos noivos. Mas, nessa vida corrida, muitos têm utilizado serviço de entrega para locais mais distantes. Eu acho que fica muito impessoal enviar convite por email.  No máximo, na minha opinião, vale um save the date pelo correio eletrônico. Lembre-se que o convite é a abertura do seu casamento e ali fica determinado para o convidado como será a celebração.

EuAmoCasamento.com: Como deve ser o cortejo de uma cerimônia de casamento?

Tatiana Mattos: O cortejo da cerimônia na igreja tem todo um protocolo. Mas nos deparamos hoje com situações como pais separados, noiva querendo entrar sozinha, não ter criança na família e no cortejo, vovós e até mesmo os pets levando as alianças, entre outras. Então, quando o casamento não é na igreja, sempre deixo os noivos muito à vontade sobre como devemos fazer o cortejo… para tudo ficar com a cara do casal e confortável para todos.

EuAmoCasamento.com: Se os pais do noivo ou da noiva são separados e não se dão bem, como fica?

Tatiana Mattos: Tento conversar sempre para entender a situação. Geralmente, os pais dos noivos ficam juntos somente no altar e na saída da cerimônia, não tem tanto contato físico. Quando não tem jeito, sempre temos um plano B, como um padrinho sair com a mãe e o pai com uma madrinha, por exemplo. Já vivi algumas situações parecidas, mas nenhuma teve um desfecho ruim. Sempre conseguimos contornar bem.

Foto: Carla Cristina
Foto: Carla Cristina

 

SERVIÇOS RELACIONADOS: