Ir para conteúdo principal
Entrar E-books & etc

Noivas Rio + filme Bem Casados

Postado dia 17 de novembro de 2015 por Nathalia

Heitor, vivido por Alexandre Borges, é um solteirão convicto que ganha a vida como um competente e bem-sucedido cinegrafista de casamento. Penélope, personagem de Camila Morgado, não aceita o casamento do ex-namorado e amante, e vai fazer de tudo para acabar com a cerimônia dos noivos. Este é o enredo do filme Bem Casados, que tem pré-estreia nesta terça-feira, no Cinépolis Lagoon. O evento terá presença de convidados especiais, como o elenco do filme, e participação da Noivas Rio – única revista do segmento a ter um lounge no local, ao lado de D.A. Gastronomia, Casa Perini, Vimoso Móveis e Foto Studio Equipe.

Em entrevista exclusiva ao EuAmoCasamento.com, Alexandre Borges conta detalhes sobre a trama, fala do processo de construção do personagem e do que achou do universo do casamento. Confira!

EuAmoCasamento.com: Como foi a preparação para o personagem?

Alexandre Borges: Primeiramente, contei com a ajuda valiosíssima do Aluízio Abranches, que foi convidado por uma amiga para fazer um vídeo de casamento dela como algo mais artístico. Ela adorou, contou para amigas e ele acabou montando uma produtora de vídeos para casamentos. Ele se deu muito bem, teve demanda e teve essa experiência. Então, resolveu fazer esse filme em homenagem a essa experiência da vida dele. A gente conversou muito sobre isso, sobre como a pessoa deseja ter um casamento, se quer uma pegada mais rock and roll, as músicas que vão ter, o que filmar, que não pode deixar de fora, como os pais da noiva e dos noivos, mas sempre com essa pegada de coisas diferentes e que fujam um pouco da coisa tradicional. A gente conversou muito e vi muitos vídeos que ele fez sobre casamentos e tudo mais, e coisas que ele escreveu, pois o personagem foi feito para mim. Tivemos leitura, ensaios, tivemos uma grande parceria com a Camila (Morgado), uma grande cumplicidade com ela e também com todo o elenco. No fundo foi fazer um filme que nos sets de filmagem foi muito tranquilo, muito descontraído e com a equipe unida e divertida para tentar imprimir um clima de leveza romântica e com humor, que é o que o filme propõe.

EuAmoCasamento.com: O que achou da experiência de conhecer um pouco mais sobre o universo da produção de casamentos e de um cinegrafista de eventos sociais?

Alexandre Borges: Esse universo do casamento é muito bonito, muito especial na vida das pessoas que estão se unindo e também para a família toda. Eu, particularmente, me casei na igreja e tive toda essa coisa da recepção, de escolher como seria o tom da festa, querer reunir toda família. Então é um universo bonito de momento especial na vida das pessoas, é uma coisa que eu gosto, eu curto e acho uma cerimônia muito bonita, que tem todo um significado de união e de celebração do amor. Eu acho um tema legal e esse sentimento transpareceu no filme. A gente sempre buscou na filmagem ter esse sentimento de cumplicidade, na própria cena com o noivo, com a noiva, com essa alegria de estar filmando um casamento, porque você tem que estar ali compartilhando esse sentimento com os casais. Não de uma maneira burocrática, mas mostrando que você gosta de estar fazendo aquilo. Tivemos uma produção muito bonita na cena de casamento do filme, além das cenas de casamentos reais que o próprio Aluízio filmou naquela época. É um universo que gostei de estar, já presenciei e sei da emoção que é, então foi muito legal ter feito o filme.

Como características do personagem, do Heitor, às vezes você não busca particulares íntimas, mas, sim, momentos de vida. Como eu comentei, foi um personagem escrito pra mim. O Aluízio me conhece há muitos anos, mas falamos sobre o homem moderno, o homem atual, o que é o amor para o homem atual, o que é o relacionamento para o homem atual. Como é o relacionamento com a mulher, o que a mulher deseja como independente, buscando seus direitos, valores e igualdade, o quanto você tem que interagir com isso buscando um companheirismo e uma cumplicidade, as coisas que a vida trás, amores e desamores, a busca de um relacionamento, de um par… o amor a primeira vista, uma pessoa que chega e mexe com você como você nunca esperava que fosse acontecer. O acaso, o destino, todas essas questões humanas, eu, como ator, procuro sempre estar atento, sempre buscando um laboratório de mim mesmo, de posicionamento de vida. Então elaboro isso, penso nisso, gasto horas pensando nessa coisa humana, na minha vida, qual meu momento, o quanto a gente muda em relação a fases, gerações e décadas da sua vida, né?! Você vai envelhecendo. Eu sou um homem chegando nos 50 anos, então são coisas que já passei e já vivi. E o Heitor é um pouco isso, ele está em busca de um amor, em busca de uma vida em que ele próprio está descobrindo que chegou a maturidade, chegou uma coisa que ele estava buscando achando que não iria encontrar. E, de repente, aparece a Penélope, que é a personagem da Camila Morgado, e que faz uma reviravolta na cabeça dele e ele redescobre o amor.

EuAmoCasamento.com: Alguma semelhança entre você e o Heitor?

Alexandre Borges: Sempre existem semelhanças, principalmente nesse caso em que a ideia do roteiro do Aluízio era trabalhar junto, que casasse comigo e falar do momento que estou vivendo e tudo mais. O Heitor retrata o homem atual, moderno, contemporâneo, da minha geração, que sou eu ao mesmo tempo em algumas características, e que está em busca desse entendimento. O que as mulheres esperam de um homem, qual posicionamento enquanto profissão, relacionamentos, família, cotidiano. Eu acho que o homem hoje está muito mais preocupado com a espiritualidade, tem momentos de reflexão, se permite angustias, dúvidas, chorar, ter medo, a não ter medo de ser feliz. Um respeito maior com as pessoas, com as mulheres. A vida é sempre uma busca incessante por autoconhecimento, bem-estar, equilíbrio e acho que o Heitor faz parte disso, porque ele é um homem que se questiona, tem suas dúvidas e é um homem que quer carinho, amor e passa por um momento em que acha que isso não vai mais acontecer na vida dele. Aí, com a chegada de Penélope, mostramos a mágica do amor à primeira vista, pois essa mulher te encanta e acontece essa química em que seu coração dispara, fica com vontade de viver, de falar de novo. No início parece que não vai acontecer, porque eles são muito diferentes um do outro, mas fica a espera de que o romance realmente aconteça. É uma comedia romântica, que tem traço romântico bem forte, fugindo do gênero só da comedia muito escrachada, com algo mais sofisticado e com questões reflexivas do homem e da mulher.

EuAmoCasamento.com: Qual a cena mais inusitada do filme?

Alexandre Borges: Acho que uma das cenas mais inusitadas é quando aquela mulher maravilhosa na verdade é amante do noivo de um supercasamento, de uma superprodução que ele se preparou meses para fazer e ele vê que aquela mulher por quem ele se encantou pode estragar com o trabalho dele e com as coisas que ele planejou. Aí vira aquela coisa meio gato e rato e de conflitos, então acho que essa é a parte mais interessante do filme!

Confira o trailer do filme! <3

SERVIÇOS RELACIONADOS:

Foto: divulgação
Bebidas
Casa Perini